Post Top Ad

ad_bottom

11/22/2017

Vulcões no Brasil e em Mato Grosso do Sul!

Praias, montanhas e rios são as primeiras imagens que vêm à nossa mente quando falamos em natureza no Brasil. Ninguém jamais visualiza um cenário desértico, sem vida e....cheio de vulcões ativos.


Mas calma, atualmente já sabemos que não existe nenhuma montanha de fogo ativa por aqui. Estamos falando de acontecimentos da Era Mesozoica, quando ocorreram formações geológicas no sul do Brasil, mais São Paulo e o nosso MS, estendendo-se até Uruguai, Paraguai e Argentina, resultando em 1.200.000 km2. É a maior área de vulcanismo basáltico existente no mundo.

Entre Mato Grosso do Sul e o Uruguai, as terras roxas de basalto são resquícios de um evento vulcânico que aconteceu há 130 milhões de anos. Esse tipo de atividade é o que os cientistas chamam de vulcanismo fissural, semelhante ao que existe hoje na Islândia. Atualmente, a herança da terra roxa é que é uma das mais férteis que existem e perfeita para nossa agricultura.

O vulcão mais antigo do planeta é brasileiro!


Localizado na Amazônia, entre os rios Tapajós e Jamanxin, esse gigante adormecido supostamente seria o vulcão mais antigo que se tenha registro no mundo, com 1,9 bilhão de anos. Ele pode ter chegado a 400 metros de altura, fazendo parte de uma área de rochas vulcânicas chamada de Uatumã, que se espalhava sobre Amazonas, Mato Grosso, Pará, Roraima e até Venezuela e Suriname. Apesar de tão antigo, o primeiro de uma série de vulcões só foi identificado no início dos anos 2000. À época, os pesquisadores foram surpreendidos pelo estado de conservação e a antiguidade da estrutura encontrada.

O cenário da vegetação densa e da biodiversidade eram diferentes na região que atualmente é encontrada na Amazônia. Segundo os geólogos, os vulcões amazônicos têm semelhanças com as estruturas dos atuais do oeste dos Estados Unidos e da Sierra Madre Ocidental no México.

E existem vulcões mais jovens ainda no país

Os vulcões mais “jovens” identificados em solo brasileiro ficam na região onde se situam as cidades de Poços de Caldas e Araxá, em Minas Gerais, local em que a estabilidade data 60 milhões de anos, quando as erupções cessaram. Há ainda mais um vulcão que está em estudos no Brasil, chamado de Nova Iguaçu, o qual estaria localizado no estado do Rio de Janeiro. No entanto, até o momento não há nada de concreto nos estudos sobre este vulcão.

Hoje pontos turísticos são marcados pela vulcânica beleza

De toda essa história, nos restaram os pontos turísticos dessas regiões. Hoje estamos em uma região bastante estável e, segundo os cientistas, não precisamos nos preocupar, pois esses gigantes estão inativos há muitíssimo tempo e não há indícios de perigo. Então, fique à vontade para visitar todas essas cidades ;)
11/20/2017

Uma casa milionária sobre rodas


Viajar livremente mundo afora é o sonho de muitas pessoas. Mas é um pouco difícil aliar a vida residencial com a estrada. Alguns já transformaram seu carro em uma casa ambulante, porém acredito que você nunca viu um motorhome milionário. Isso até agora!


Cair na estrada sem sair de casa


Cama de casal, uma cozinha completa, grande sala de estar, quartos de dormir, entretenimento de última geração, parede deslizante para espaço extra e banheiro aquecido. Parece bem melhor que a sua casa mesmo, né?! E é! Além disso tudo, conta ainda com uma garagem com elevador eletrohidráulico para um carro.


A casa sobre rodas é perfeitinha - para todos os gostos diga-se de passagem -, mas agrada mesmo quem quer decidir quando começar e parar a sua jornada. Aquela pessoa que olha para o céu, vê o solzão lá fora e só vai!


A empresa alemã Volkner Mobil é quem desenvolveu essa casinha com visual super elegante, mas para comprá-la é bom já começar a juntar as (muitas) moedinhas... Seu custo está em cerca de US $ 1,7 milhão. Segundo a empresa, cada motorhome é construído especificamente para você, para o seu conceito de design. E por isso, o valor pode ser maior se quiser customizá-lo.


E aí, pronto para se mudar e viajar pelo mundo? Assim fica bem com cara de hotel 5 estrelas, né?!

11/17/2017

Destaque para Mato Grosso do Sul no ranking IMLEE

Nesta última semana, o Centro Mackenzie publicou o ranking do chamado IMLEE (Índice Mackenzie de Liberdade Econômica Estadual) 2017. Mas por que estamos falando de economia?
Mato Grosso do Sul recebe maior pontuação no Ranking IMLEE

Porque o nosso Mato Grosso do Sul obteve 7,328 pontos, sendo a maior pontuação do país.

O índice analisa e avalia as condições de se empreender e ter sucesso no mercado brasileiro. Com esse resultado, podemos dizer que nos tornamos referência em termos de desenvolvimento.


Abrir um negócio é lidar com incertezas


O medo de empreender é natural. Ser inovador, se planejar e trabalhar para atingir o sucesso. Mas sermos os primeiros nessa análise de mercado nos inspirou a falar das empresas que se consolidaram no nosso estado e das que percebemos que vêm se destacando por aqui e logo mais poderão alcançar novos horizontes e conquistar o país todo.

As empresas já tradicionais no mercado de MS


(Copagaz)

Sem necessitar de maiores apresentações, a então pequena distribuidora de gás iniciou seus trabalhos em 1955 e hoje está presente em todo o país em diferentes segmentos.

(Eldorado Brasil)

Uma das mais modernas e competitivas empresas de celulose do mundo está localizada em Três Lagoas (MS). Inovado em tudo, a empresa já exporta para os quatro continentes.


(Semalo)

Em 1º de Julho de 1994 aconteceu a inauguração da primeira unidade industrial da Semalo em Campo Grande (MS). A empresa trabalha com mais de 50 produtos e aproximadamente 60 mil pontos de venda no Brasil, ocupando o ranking nacional das 5 maiores empresas do segmento de petiscos.


(Kabriolli)

Atuando há mais de 35 anos no desenvolvimento e criação de roupas femininas, o grupo Kabriolli é originalmente de São Paulo, com uma unidade em Campo Grande (MS), onde conta com 450 colaborados que fazem a marca se destacar nos principais magazines e grandes redes de lojas do Brasil.


(Indústria Rigna)

Em 1966 começou a trajetória da Indústria Rigna no mercado sul-mato-grossense. A empresa atua nos segmentos industriais de equipamentos para elevação nas diversas modalidades e distribui seus equipamentos para o Brasil todo.


(Refriko)

Situadas em Campo Grande (MS) e também em Cambé (PR), as unidades da industria Refriko já é velha conhecida nossa. A empresa atende diariamente mais de 3 mil clientes e importa matéria-prima para países como Alemanha e EUA.


(Jeito Frio)

Fabricar sorvetes artesanais com qualidade é a filosofia da Jeito Frio. No mercado há 22 anos, a empresa conquistou a todos na cidade desde o inicio e planeja uma nova fábrica para que seu crescimento e novidades não parem.


Checklist de empresas de MS para ficar de olho


(Induspan)

Comercializando seus produtos no mercado nacional e internacional, a Induspan leva nosso sotaque mundo afora. Localizada em Campo Grande (MS), a empresa trabalha com um dos melhores couros do Brasil e atua como agente transformador do meio ambiente produzindo produtos voltados para o desenvolvimento sustentável do planeta.


(Bread)

Iniciando suas atividades em 1996, a Bread Alimentos é pioneira de produtos congelados em MS.  Atualmente, a empresa tem uma unidade também em Assis/SP e atende Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná levando pães para todos os gostos.


(Vó erminia)

A história da Vó Erminia se inicia em 1995 e, desde então, conforma a demanda, a empresa abriu seu leque de produtos. Optando sempre pelo que é natural, a empresa Vó Erminia Alimentos oferece produtos sem conservantes, tendo um processo de produção totalmente saudável.


(Dale)

A história da Dale começa com dois irmãos fabricando sorventes láá´em 1996. Mas foi em 2005 que a empresa se consolidou e hoje se destaca no mercado com a marca de ter produtos de qualidade com um preço acessível.

(Brasil Cowboy)

Especializada em botas, a loja on-line de produtos country Brasil Cowboy foi inaugurada em 2009 visando a atender o pais todo. Oferecendo todo um leque de produtos do segmento, a loja busca trabalhar com respeito ao meio ambiente e ao consumidor.


(Cerveja.me)

Por falar em estar on-line, a Cerveja.me é uma cervejaria delivery criada em Campo Grande que já se expande a novos mercados. A ideia de poder comprar bebidas sem dirigir conquistou boa parte desse público, pois o serviço se dá por meio de aplicativo e vem crescendo bastante nos últimos anos.


(Delícias da tia)

A tia Delza é quem prepara as deliciosas guloseimas desta lanchonete que começou despretensionamente em um bairro afastado de Campo Grande (MS). Com o sucesso, a empresa já abriu portas em um shopping da cidade, o Norte Sul Plaza, e pretende ativar o serviço de delivey.


(Bamboa)

Recém-inaugurada e com um modelo de negócios incomum no Brasil, a cervejaria Bamboa é uma cervejaria que atua artesanalmente, mas fabricando em alta escala, o que possibilita qualidade por um preço acessível. É a primeira fábrica a produzir cerveja em escala industrial em Mato Grosso do Sul e com certeza já é sucesso!


MS está realmente evoluindo economicamente



A lista de empresas regionais que vêm crescendo mostra como podemos, cada vez mais,  ser destino brasileiro de investimentos. Seria a hora de quem quer empreender em MS? Nós, como população, só agradecemos por essa evolução e opções tão boas e pertinho das nossas casas.

Consegue citar mais alguma marca que ficou de fora? Compartilhe com a gente!
11/16/2017

Quem mora em apartamento “churraqueia” como?

Tão comum quanto o bom tereré, fazer churrasco é uma das grandes tradições em Mato Grosso do Sul. Mas nem todo mundo tem um quintal com espaço para aquela área gourmet bem gostosa de receber os amigos em um domingo.

Por isso, em apartamentos pode ser meio complicado preparar essa iguaria, a maioria dos condomínios não tem uma varanda gourmet-ostentação ou aquela grande churrasqueira-amiga do salão de festas. Daí, você adora receber os amigos e quer convidá-los para um churras no apê? Pergunte-me como!

Como? Descubra o seu estilo!

Qual churrasqueira melhor se adapta a sua necessidade?

Churrasqueira elétrica

Uma churrasqueira elétrica pequena pode ficar em cima da mesa ou ser levada de um lugar para o outro. Ela é fácil de montar e ainda está entre as mais em conta do mercado. Não é indicada para uma grande quantidade de carne, mas pedaços menores estão garantidos.


Churrasqueira a Gás

Esse modelo exige um planejamento para ser instalado, pois precisa de botijão ou gás encanado. Seu diferencial da elétrica é poder controlar a temperatura do seu churrasco e permitir fazê-lo no bafo.


Churrasqueira de fogão

A churrasqueira de fogão são práticas e rápidas. Possuem um formato de panela, onde as carnes são assadas com o calor “concentrado” dentro da panela. É possível assar todos os tipos de carnes, inclusive peixes, frangos, linguiças, legumes, quase como uma churrasqueira normal. É muito bom, rápido e prático.

Churrasqueira a Carvão


A versão para apartamento da mais tradicional de todas as churrasqueiras também garante fumaça perto de zero e consumo reduzido de carvão. O segredo é o aproveitamento inteligente do calor: sempre em direção ao alimento, e não ao ambiente. Já existem modelos de alvenaria que vêm com duto, coifa e chapéu.

O importante, no entanto, é contratar um arquiteto com experiência para adaptar a churrasqueira à planta do apartamento e do edifício.

E por falar em arquiteto, se você realmente gosta de churrasco e quer ser o melhor anfitrião de apartamentos, fale já com o profissional mais próximo para agilizar uma belezinha dessas na sua cozinha. Presta atenção nesses projetos!

Bom, a gente não tem nenhuma dica secreta de receita, mas com uma dessas acho que você vai adorar experimentar, né?!
11/15/2017

Demais é acampar preparado!

Pé na terra, água do rio, contato com a natureza,  ver as estrelas e acordar com o som dos pássaros.
Com o verão e as férias se aproximando, montanha e campo podem ser bons destinos para aproveitar, se aventurar e descansar. Para curtir essa viagem com conforto, acessórios certos são essenciais. Por isso esperamos que nossa lista te ajude bastante.

Para uma trilha tranquila


As roupas e os acessórios necessários são de extrema importância e devem ser leves e confortáveis, acima de tudo.
- mochila para toda a lista abaixo!
- um par de chinelo e tênis apropriado;
- roupas leves e meias grossas (sem se esquecer das roupas íntimas e de dormir);
- trajes de banho, óculos de sol;
- cantil com água e outro recipiente também cheio;
- bastão de caminhada (pode ajudar nas subidas e descidas difíceis);
- isqueiro ou pederneira (saiba mais sobre esse item aqui LINK)

Dica extra do Mato: Itens de higiente pessoal, kit primeiros-socorros e remédios que toma regularmente não podem ficar para trás.
Faça um checklist e o mantenha por perto para consultar ao fazer as malas!

Montando acampamento


Depois de ter encontrado o lugar para montar sua barraca, que deverá ser bem plano, limpe cuidadosamente o terreno, elimine galhos, pedras e outros objetos que possam incomodar.
Para uma estadia tranquila não podem faltar:
- barraca adequada para o número de pessoas;
- forro ou isolante térmico para proteger da umidade
- toldo para esticar acima da barraca, como proteção de sol e chuva;
- sacos de dormir ou colchão inflável e bombas de ar;
- travesseiros e cobertores.
Dica extra do Mato: pegue aqueles jornais antigos que estão empilhados sem uso. Eles podem proteger contra a umidade do solo e ainda ajudar a acender uma fogueira, por exemplo.

Para a hora do rango!

Frutas, alimentos semiprontos e prontos são importantes aliados quando a fome bate no meio do mato. Afinal, a tarefa de cozinhar pode ser um desafio ao acampar. Mas existem utensílios que podem facilitar esse trabalho.
- fogareiro e botijão de gás;
- apetrechos de cozinha (abridor de latas, abridor de garrafas, saca-rolhas, coador de café ... );
- bolsa térmica;
- copos de plástico;
- acessórios para limpeza (sacos de lixo, pano de prato, esponja e sabão).

O que é uma boa ideia ter por perto?

- binóculos;
- bússola;
- apito;
- cordas;
- GPS;
- fita adesiva;
- lanterna;
- pilhas;
- tesoura;
- celular.

Não é legal!

- som para colocar alto. (se você faz questão de ouvir música, leve um fone de ouvido);
- fogos de artifício;
- bebida alcoólica.

Enfim, são muitos detalhes que não podem ser esquecidos para passar um final de semana ou vários dias em contato com a natureza. Por isso, veja o que é realmente necessário e tire da mochila o que puder dispensar.

Com a mochila mais leve você caminha melhor, mais rápido e não força tanto seu corpo.
Pronto! Desfrute ao máximo do contato com a natureza e bom acampamento!
11/13/2017

Arte mostra Causa e Efeito das nossas atitudes na natureza

Uma galeria no Novo México recebeu uma mostra resultado do trabalho de cinco fotógrafos de diferentes partes do mundo. A ideia dos profissionais é alertar sobre a devastação causada por fenômenos naturais e, claro, por nós, humanos insconscientes.
Inspiração para olharmos com mais carinho para o meio ambiente

Os cliques mostram a fragilidade do nosso ecossistema e o resultado da nossa rotina de poluição, desmatamento e mudanças climáticas, por isso a exposição leva o nome de "Causa e Efeito". Confira as imagens abaixo:

Abril de 2010, acidente em Deepwater Horizon resultou neste barco no meio do vazamento de petróleo.


James Balog registrou o "diamante de gelo" que foi até uma lagoa de água salgada na Islândia.



Blocos de gelo se elevam a 60 metros da superfície da água, flutuando no Atlântico Norte. A foto é de James Balog, na Groenlândia.




Pela lente de Chris Jordan vemos a quantidade de petróleo consumida nos EUA a cada 2 minutos. São 28 mil barris de petróleo de cerca de 159 litros cada!!!




A maior reserva protegida pelo governo do México na costa caribenha teve a visita dessas garrafas de plástico que atravessaram o mar até chegar a Sian Ka’an, como vemos na foto de Alejandro Durán.




"Gota" é o nome da foto de Alejadro Durán que reúne lixo plástico de 50 países em seis continentes, criando esta chique escultura.





O Brasil não poderia ficar de fora!

Daniel Beltrá clicou essa castanheira caída em um campo depois que árvores foram derrubadas na Floresta Amazônica, no Brasil. Ele vem fotogrando as mudanças na floresta desde 2001.




Será que compartilharmos essas imagens contribui um pouco para a conscientização de cuidado para um mundo melhor? A gente pode começar observando o nosso mesmo Estado e não derrubando desnecessariamente árvores, talvez!
11/09/2017

O sacrifício de 1.222 árvores salvando 300m do seu trajeto.


Com a ideia de encurtar o acesso para a Vila Nascente e repartições públicas localizadas dentro do Parque dos Poderes, estamos em obras novamente.

A futura avenida Parque dos Poderes sacrificará 1.222 árvores para os seus 400 metros de extensão, ligando a avenida Mato Grosso até a rua Desembargador Leão Neto do Carmo. Um caminho realmente necessário e que mudará drasticamente a rotina dos motoristas campo-grandenses.

Novo trajeto


A obra tem licenciamento ambiental da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), que pediu  o plantio de 1.705 mudas de grande porte e o transplante de um pé de pequi para compensar o estrago a retirada.

Aeeee Prefeitura!
Novos percursos para o dinheiro, o tempo e a natureza perdidos.

Tudo feito na surdina.